2006/09/19

9-11 WTC… Aviões?! Quais Aviões?




Esta imagem dum avião a entrar num edifício como se fosse faca em manteiga sempre me fez muita confusão...
Pelos vistos não foi só o meu senso comum que se perturbou com esta imagem.
Afinal há muito mais gente e muitos mais aspectos semelhantes.


Há dias deixei, neste post de Sulista, o seguinte comentário:

“Não foram aviões que embateram no WTC.
Basta olhar atentamente para as imagens para o perceber. Se fossem aviões, o que esperaríamos ver era uma grande quantidade de destroços dos aviões, resultantes do embate. Tal não acontece, nem os aviões sofrem a deformação inevitável resultante da "resistência" das torres.
Na verdade os aviões entram por ali dentro como faca em manteiga. Ora isso é totalmente impossível de acontecer.
Depois de ter notado isto já li, na NET, posts que tratam esta questão com promenor. As imagens são "fabricadas".Há muitos elementos que desmentem a versão oficial da "explicação" do colapso das Twin Towers, mas, por acaso, o documentário exibido pela RTP, a que sulista faz referência, (chama-se, salvo erro, “O dia em que o Mundo mudou”) fornece mais um elemento irrefutável:
- Para que a estrutura de betão e os alicerces de aço cedessem era necessária uma temperatura acima dos mil e quinhentos grau Celsius, durante algum tempo (o estuque não ande). Mesmo assim o efeito nunca poderia ser aquele que se vê.
Além disso, se fosse o caso, seria impossível haver pessoas que sobreviveram durante cinco horas nalgum elemento do edifício. Por menor que fosse a temperatura atingida ali, teria que ser suficiente para matar qualquer ser vivo... em 5 horas, se de facto o colapso se tivesse devido a danos causados pela temperatura. É só mais uma contradição insanável. Elas repetem-se para todos e cada um dos milhares de pormenores desta questão

Sulista respondeu assim:
“Quanto aos aviões que embateram nas Torres não concordo contigo. Vi e muita gente viu, os aviões a chocarem com os 2edifícios.Mas, no Pentágono e na Pensilvânia, já concordo absolutamente com todos os que dizem que não foram (aqueles) aviões a cair, explodir, nem houve cadáveres desses aviões...basta ver o novo vídeo que acima dou o link para confirmar isso!”

Viu-se? Observemos então, com cuidado, o que é que se “viu”!

Dá a impressão de que esta é (mais uma) teoria da conspiração. Será? Ou fará parte da mesma conspiração da aldrabice e da falsificação de imagens e factos?
Vejamos, de mais perto, estes pormenores da questão, que eu já tinha abordado, ao de leve, AQUI.

Neste Blog existe uma enorme variedade de posts onde se demonstra que não houve aviões a embater no WTC.
Por exemplo este - The "Dive-Bomb" Video Conflicts with the Famous Anthony Cotsifas Still Shot of "UA175"
Ou este - South Tower Fly-By in Both "Live" 2nd Hit Vídeos; relacionado com este - More Modeling; Improved Angles;
Ou ainda este - The Mis-Aligned CBS Vídeo, evidence of the 2nd hit video fakery. Mostra como um avião é plantado no meio duma imagem, vindo de lado nenhum.
Mas há muitos outros “trabalhos” semelhantes neste blog, como por exemplo este a demonstrar que a inclinação da ruptura provocada pelo segundo embate é oposta à inclinação do avião mostrado nas imagens (devia haver por ali algum espelho…). Também há um desafio.

Vídeo 911 Eyewitness “Testemunhas do 11 de Setembro”.


Encontrei no google este vídeo que merecer ser visto com atenção. É designado 911 Eyewitness “Testemunhas do 11 de Setembro”.
Ao princípio é chato. Parece que não tem nada de interessante, mas não é verdade. Contém as filmagens do WTC desde antes do segundo “embate” até ao colapso. Se repararem bem, quando acontece o segundo “embate” (explosão) não se vê qualquer avião a passar.

Nesta página, podemos ver algumas sequências de imagens daquilo a que os autores chamam “ a Flying Pig” em vez dum Boing 747.
E aqui mais um vídeo a demonstrar a falsificação de imagens feita pelas televisões…

Donde se conclui que uma boa parte do trabalho sujo, desta conspiração, coube à comunicação social, que o executou sem pudor e sem vergonha, de forma pérfida, como cúmplices activos desta infâmia: a conspiração de 11 de Setembro de 2001, fabricando toda a espécie de mentiras e falsificações de imagens… como se explica aqui, respondendo a "porquê “eles” não usaram aviões verdadeiros".

E, a contribuir para desmistificar a questão do calor, temos aqui imagens duma pessoa (mulher) a caminhar no buraco duma das torres. Uma pessoa que poderia ter sido salva, certamente, como tantos outros, que os facínoras chacinaram, premeditadamente, mas que não poderia estar ali se o calor fosse tão elevado como se pretende fazer crer.

Esta questão dos atentados terroristas de 11 de Setembro e da conspiração que os originou e concretizou é só buracos, seja qual for o ângulo pelo qual se observe, ou o episódio particular analisado.
O problema é que ficaram uma enorme quantidade de “pontas soltas”, facilmente detectáveis por uma enorme variedade de profissionais e especialistas:
- Os das telecomunicações sabem que as chamadas telefónicas supostamente feitas dos aviões eram impossíveis. Mesmo assim alguém se deu ao trabalho de fazer a experiência para o comprovar;
- Os da arquitectura, construção, materiais e bombeiros (além dos cientistas) sabem que as Torres Gémeas (Twin Towers, WTC) só podiam ter sido demolidas por implosão controlada;
- Os da aeronáutica sabem que os piratas não podiam ter pilotado aqueles aviões e que “o feito” até para pilotos experientes era quase impossível.
- Também os habituados a imagens, filmes, efeitos especiais, etc. percebem facilmente as falsificações nas imagens emitidas…
- Os “Forensic”, Investigadores Forenses, ou CSI, percebem facilmente uma enorme quantidade de incoerências e falsidades, porque é essa a sua profissão…
- Os cidadãos comuns, idóneos, com um mínimo de bom-senso e inteligência, mesmo não sabendo onde está a verdade, percebem facilmente que tuda a história oficial é mentira, porque é óbvio e porque tem todos os ingredientes das mentiras; e ainda porque "eles" são mentirosos assumidos.
Etc., etc., etc.
E o facto de os provocadores pagos pela CIA andarem por aí a afirmar que as denúncias são mentiras também não ajuda nada; só piora as coisas aumentando ainda mais o descrédito generalizado...


As pessoas têm direito a ter dúvidas e a expressá-las. Mas chateia-me a atitude, analfabeta, de alguns que não conseguem ler nem analisar ou compreender mais de duas frases, em poucas linhas, e persistem em fazer afirmações obtusas, já desmentidas inúmeras vezes, de inúmeras formas e por inúmeras pessoas.
Por isso peço a todos os que se acham no direito de expressar uma opinião que avaliem bem os documentos a que se faz ligação. Mesmo para os que têm dificuldades em ler muito é simples: leiam este material várias vezes. Percorram as ligações e voltem ao texto inicial usando a seta de retrocesso…
Depois podemos discutir o que quiserem.

4 comentários:

Águas da Vida disse...

Obrigada pela visita e parabéns pelo blog.
Toda essa noticia nos faz ver que mundo imperfeito e imundo.
Big Kiss

Biranta disse...

É verdade!
Faz-nos ver também o quanto é necessário persistir para contribuirmos para alterar, para melhor, este estado de coisas.

Anónimo disse...

Os aviões bateram nas torres sim, tanto é verdade. Ou você duvida que um simples automóvel com velocidade na ordem de 100Km/h consegue cortar os pilares mestres de um edifício pequeno???

Dito de outro modo, tendo em conta a massa e velocidade do avião, olhando as simulações posteriores feitas por Engº Civis peritos em estruturas, mostram que as peças massiças do avião cortariam quase todas as vigas mestras do WTC.

Ja outra conversa, são as detonações controladas depois do embate e o WTC7 a cair...Com as detonações sendo captadas em video.

Biranta disse...

Não houve aviões nenhuns a embater no que quer que fosse, no dia 11 de Setembro de 2001; ou se houve, não foi notícia.
Quero com isto dizer que, nos atentados terroristas de 11 de Setembro, NÃO foram usados aviões verdadeiros, nem contra as torres gémeas nem contra outra coisa qualquer.
A questão não é se era possível, ou não, a penetração dos aviões; a questão é que, a dar-se esse caso, as imagens seriam bem outras.
Não sei se um automóvel cortaria os pilares mestres dum edifício pequeno... nem vou testar. E quanto ao 11 de Setembro, NÃO ACREDITO em nenhuma dessas simulações, nem em NENHUNS PERITOS. O que essa gente vale (não vale) sei bem até pelas experiências concretas da vida real.
Não houve aviões, ponto final. Só quem seja cego ou não entenda nada de nada, nem sequer do mínimo senso comum e esteja totalmente manipulado e desinformado é que pode, ainda hoje, afirmar que ali houve aviões.
Caramba! Até o simples observar com atenção as imagens é esclarecedor. Veja menos filmes e observe melhor a realidade à sua volta.